ANA MARIA BRAGA entrevista MEIRY KAMIA: o que sua mesa de trabalho diz sobre você?

Caótica, esotérica, equilibrada: mesa de trabalho reflete personalidade do dono

Deixar vários objetos sobre o móvel pode revelar um funcionário desorganizado

Saiba o que sua mesa de trabalho fala sobre a sua personalidade (Foto: Banco de imagens)
Saiba o que sua mesa de trabalho fala sobre a sua personalidade

Organizado, prático ou infantil? Você deve até não saber, mas o seu chefe pode estar te analisando não apenas pelo seu desempenho profissional, mas pela organização de sua mesa de trabalho. Sim, esse cantinho tão particular pode falar – e muito! – sobre a sua personalidade. Alguns objetos são ainda mais específicos. Veja a lista abaixo com a análise de algumas mesas e saiba em qual você se enquadra:

O que representam esses objetos sobre a mesa?
– Remédios:
indicam preocupação com a saúde. A pessoa quer tê-los sempre por perto na hora que precisar.
– Cosméticos: demonstram cuidados com a aparência, vaidade.
– Plantas: necessidade de contato com a natureza. O funcionário quer trazer o lado “zen” para o ambiente de trabalho ou está preocupado com a estética da mesa.
– CDs e livros: demonstram interesse em cultura e diversão. Os temas dão pistas do estilo do dono da mesa.
– Troféus e diplomas: demonstram a preocupação em vencer pelos próprios méritos e ser reconhecido por isso. Busca afirmação e reconhecimento.
– Itens de cozinha: como canecas, xícaras, docinhos, comida em geral, além de serem uma precaução para momentos de fome inesperada, também podem demonstrar algum tipo de carência afetiva ou ansiedade. Algumas pessoas, quando pressionadas, ansiosas ou tristes, têm vontade de comer, então, já deixam esses itens próximos, caso precisem.

Veja exemplos de mesa equilibrada e caótica: com qual voc~e se identifica? (Foto: Mais Você / TV Globo)
Veja exemplos de mesa equilibrada e caótica: com qual você se identifica? (Foto: Mais Você / TV Globo)

Confira alguns tipos de mesa e identifique a sua
– Mesa caótica:
vê-se papéis misturados a outros objetos como garrafa d'água, folhetos, canetas jogadas, remédios, correspondências, comida, etc. Imagem do dono da mesa: dá a impressão de ser uma pessoa desorganizada, sem foco, que dispersa energia e produz pouco. Parece que se perde nos afazeres e mistura problemas pessoais com os do trabalho.

– Mesa econômica: não dá pistas de seu dono. É muito limpa em termos de material e chega a dar a impressão de que a mesa está vaga, que não há ninguém usando. Imagem do dono da mesa: se mostra uma pessoa prática, objetiva, sem muito calor no trato social. Pode aparentar frieza, distanciamento e desapego. Não abre seu espaço pessoal, pois não exibe nada que é seu, e não cria vínculo emocional com o trabalho.

– Mesa de brinquedos: cheia de bichinhos, fotografias, imãs coloridos, post-its, canetas de diversos tipos e cores, agenda colorida. Tudo isso misturado aos materiais de trabalho. Imagem do dono da mesa: os brinquedos dão um ar de imaturidade, porque remetem à infância. Isso pode não ser muito positivo para a imagem do dono da mesa, pois dá a impressão de ser uma pessoa mais frágil para lidar com as pressões e questões difíceis da vida real.

Mesa de trabalho2 (Foto: Mais Você / TV Globo)
Mesa com plantas e brinquedos, e outra típica do acumulador (Foto: Mais Você / TV Globo)

– Mesa equilibrada: composta por materiais de trabalho e alguns poucos objetos pessoais. Percebe-se que o dono da mesa marca seu território mostrando um pouco de si, mas o foco maior está no trabalho pela disposição do material de trabalho sobre a mesa. Imagem do dono da mesa: aparenta ser uma pessoa capaz de desenvolver vínculos afetivos positivos por conta da foto sobre a mesa (ou qualquer outro objeto de valor afetivo), o que nos faz pensar que é uma boa pessoa.

– Mesa perfeccionista: extremamente organizada. Percebe-se que há uma distância milimétrica entre um objeto e outro, e um cuidado até exagerado na disposição dos apetrechos da mesa. Imagem do dono da mesa: aparenta ser uma pessoa que perde muito tempo com detalhes. Ao observar a disposição cuidadosa dos objetos sobre a mesa, começamos a pensar no tempo que essa pessoa gastou para arrumá-la daquela forma.

– Mesa esotérica: composta pelo material de trabalho, fotos e materiais esotéricos, como amuletos e produtos de sorte. Imagem do dono da mesa: demonstra ser uma pessoa bastante voltada para o lado humano e social. Aparenta ser uma pessoa preocupada com o outro e com seu próprio desenvolvimento pessoal.

– Mesa do acumulador: não chega a ser uma bagunça como ocorre na mesa caótica, mas é uma mesa cheia de pilhas de papéis, revistas, pastas, post-its empoeirados, entre outras coisas. Imagem do dono da mesa: a impressão que se tem é de alguém que não dá conta do trabalho. Acumula papéis pensando que talvez vá precisar daquele material e que se guardar em outro não lembrará onde guardou.

DISPONÍVEL EM: http://tvg.globo.com/programas/mais-voce/O-programa/noticia/2012/10/caotica-esoterica-equilibrada-mesa-de-trabalho-reflete-personalidade-do-dono.html